Prev
Next

Suficiente no dia de hoje

Suficiente no dia de hoje

 

Você foi o meu melhor amigo

e eu fui sua companheira destemida.

Mas hoje você dorme ao meu lado sem mim

e eu já não consigo pregar os olhos.

Com você eu iria – como eu fui- até o fim do mundo…

Por você eu não teria – como eu não tive – medo de cair…

Mas seu olhar de decepção me machuca

Abre um buraco no meu peito

Meu coração sangra um sangue que não consigo estancar

As lágrimas nos meus olhos já não me permitem ver qualquer outro caminho…

Em mais de mil olhos procurei os teus

enquanto eles ainda sorriam para mim.

Eu pensei que seríamos felizes juntos,

que percorreríamos as mesmas ruas,

e encontraríamos um ponto de encontro em algum mapa.

Eu estudaria cartografia, se preciso fosse, para te encontrar.

Rastrearia teus passos através das estrelas

se você voltasse a sorrir para mim.

Daria a minha vida mil vezes

se você voltasse a sorrir…

Mas hoje você dorme ao meu lado sem mim…

Escuto a sua respiração mas você está tão longe

Eu te dou mais um beijo de boa noite

mas você está inacessível…

Eu seria o que você quisesse

se ao menos eu soubesse do que você precisa…

Mas não consigo mais lidar com aquele velho olhar de reprovação

Você se acostumou a voltar para casa

E eu estou aqui mas não é para mim que você volta

Esta perda rasga meu peito,

queima meu estômago…

Para mim você sempre o melhor e mais bonito – ainda que não fosse.

Mas não consegui convencê-lo de que você não precisava se esconder.

Em algum momento, eu perdi você

muito antes de te abandonar…

… porque eu nunca seria o que você queria.

Eu nunca seria o suficiente…

Eu simplesmente não tenho mais forças para isso…

Você nunca compreendeu que eu preferia nunca mais acordar

a acordar diariamente sozinha ao seu lado.

Mas às vezes você sorria para mim

Mas não era por mim que você sorria

Você sonhava que eu me encaixasse

Que eu atendesse às suas expectativas

E eu só queria você de qualquer jeito

Eu tentei mas nunca consegui, nem conseguiria,

porque eu não queria as mesmas coisas que você.

Eu apenas queria você

Eu não queria mais pensar no futuro

Eu queria apenas viver o dia de hoje

E ter filhos com você no dia de hoje

E ser feliz com você no dia de hoje

Meus planos não deram certo.

E eu não aguento mais planejar

Eu queria apenas coisas simples,

mas elas eram complicadas demais para você

porque você sonhava que eu me encaixasse.

Mas não havia mais nenhuma caixa para mim

E eu não consigo mais amputar meus pedaços

para caber em seus planos.

Eu passei a vida tentando atender às suas expectativas.

Eu realmente queria atendê-las…

… mas suas expectativas eram muito altas para mim.

E para alcançá-las eu subi muito alto

E não consegui mais descer,

nem voltar para você.

Eu precisava que você me puxasse de volta

Mas hoje você dorme ao meu lado sem mim

Mas hoje eu acabo de voltar do meu velório

Hoje eu não existo mais ao seu lado

Eu parei de procurar os seus olhos em milhares de outros

E agora eu tenho muito medo de seguir em frente

Eu deixei meus pedaços amputados com você

Não foi por falta de amor que eu fui embora

Você insistiria, eu sei, para que eu tentasse mais uma vez

Mas eu nunca me encaixaria ao seu lado

Eu não tenho mais nenhum pedaço para amputar por você

Não foi por falta de amor que eu fugi

Eu queria apenas proteger o que sobrou de mim:

aquela já ultrapassada certeza de que eu não era o que você queria…

Porque eu era apenas qualquer outra coisa

Qualquer outra coisa diferente disso…

Eu quebrei a bússola,

Eu rasguei os mapas…

O céu está nublado

Eu não posso me guiar pelas estrelas

Estou ao sabor do vento

Indo para onde ele me levar

Eu só queria dizer que não foi por falta de amor que eu fugi

mas eu não sinto mais a sua falta.

A ausência das suas expectativas

me deixam perdida, sem saber para onde olhar…

Eu me acostumei ao seus julgamentos

às suas reprovações,

Eu me acostumei a esperar o seu aval, a sua aprovação, a sua indiferença…

Mas de certa forma eu respiro aliviada

porque eu acabo de vir do meu velório

Eu já morri por você

E já chorei a minha perda

Porque eu me acostumei com você

Eu me acostumei a ver você dormir ao meu lado sem mim

E você, você se acostumou a voltar para casa

Mas você precisa de alguém para quem voltar todos os dias

Um dia encontrarei alívio para a dor das feridas em meu peito

Porque eu só quis ser suficiente mesmo que eu não fizesse nada

Suficiente apenas por te esperar no fim do dia

Talvez eu tive conseguido ser mais do que isso

Se eu tive sido suficiente,

Suficiente no dia de hoje…

—–

 

Beijokas a tod@s!

pesque!

  Os peixinhos que nadam aqui pelo aquário Memória de Peixe podem ir providenciando suas varas de pesca, anzóis e iscas, pois em breve a loja no pesque! disporá de produtos exclusivos para vocês!